Connect with us

Entrevista

“Creio em um Ano de Portas Abertas – Entrevista com Pr. Paulo Roberto

Foto

Entrevista realizada no início deste ano de 2021 com Pr. Paulo Roberto Pereira, 4 Vice presidente da CIEPADERGS e presidente da Assembleia de Deus em Gravatai/RS.

1) Como a Igreja de Gravatai tem atuado neste período de Pandemia?

Inicialmente, minha gratidão a Deus pela iniciativa do nosso Presidente, Pr. Geraldino Silva, que juntamente com a Mesa Diretora, desenvolvem com o Conselho de Comunicação da CIEPADERGS, este Site, com o objetivo de divulgar os inúmeros trabalhos desenvolvidos pelas AD no RS. O Reino de Deus toma com essa iniciativa proporções gigantescas pelo alcance que esta ferramenta tem, disponibilizada a todo o mundo.
Quando as Mídias de notícias começavam noticiar a epidemia com o nome COVID-19, e que vinha tomando as proporções de Pandemia, buscamos nos antecipar o mais breve possível, com ações que dessem suporte em duas direções: 1°, Apoio aos membros da Igreja e 2°, Apoio a sociedade da Cidade em geral, pois entendemos que as consequências desta pandemia seriam, espirituais, emocionais, econômicas, provocadas principalmente pelo distanciamento social afetando relações humanas, stress, negócios, etc.

– Começamos conclamando a liderança e todos os membros para um posicionamento em todas as Sextas para Sábado de Jejum e Oração. Foi um engajamento fantástico, pois ao mesmo tempo que se faz um sacrifício, ora, teu foco em direção ao que se está guerreando contra aumenta. Pois percebemos que não poderíamos subestimar este inimigo.

– Com o distanciamento social, provocado pelos Decretos Municipal, buscamos servir os membros e simpatizantes da igreja com as Transmissões On-line a partir da Matriz e vários Distritos. Fiquei impressionado com a dedicação e garra dos pastores e obreiros da AD Gravataí, que não mediram esforços, não obstante nossas limitações naturais e de equipamentos, mas não recuaram diante dos novos desafios.

– Conduzimos palestras on-line com os temas de Administração financeira, tanto pessoal como empresarial, pois percebíamos ser bem preocupante.

– EQUIPE DE PSICÓLOGOS de apoio para atender às demandas de distúrbios emocionais, em decorrência do distanciamento social.

– BANCO DE ALIMENTOS, com o objetivo específico de atender os domésticos na fé.

– FEIRA LIVRE, foi uma ação de grande impacto na igreja e na sociedade. Pois a igreja se uniu com um grupo expressivo de voluntários e desprendeu recursos financeiros para compor de 350 a 400 sacolas de gêneros do OrtiFruti mais Ovos, semanalmente, atendendo durante esse tempo cerca de 15.000 famílias e um valor de quase R$ 100.000,00 nestes 11 meses.

– A UNIÃO FEMININA DA AD GRAVATAÍ, com os Círculos de Orações, denominado MINISTÉRIO ELAS, tão logo foram também impedidas de se reunir por determinação de Decretos Municipal, se destacou na liderança da irmã Ceiça Pereira, uma estratégia para manter a unidade das mulheres da igreja e nutridas pela Palavra de Deus e a Oração, que foi usar a ferramenta WhatsApp, criando um grande grupo em torno do PROJETO FLORESCENDO NO DESERTO, com mensagens devocionais produzidas pelas líderes e irmãs em geral. Essa iniciativa criou um espírito de unidade em torno de propósitos em oração, e resultou em vários testemunhos de cura, libertação e provisão. Seguindo o propósito em meio a Pandemia, o Devocional continuou com a temática Frutificando no Deserto, pois após as flores vem os frutos. Foi extraordinário a participação de todas as mulheres da AD Gravataí culminando com a FESTA DA COLHEITA. Um evento inserido dentro do Congresso Unificado da AD Gravatai, onde as mulheres foram orientaras a trazerem produtos e gêneros produzidos durante a Pandemia nos Projetos Florescendo no Deserto e Frutificando no Deserto, e através desta Ação da Colheita, foram arrecadados valores para o Natal Missionário, o que foi enviado uma oferta substancial para as Missionárias mantidas pelo Ministério Elas, na Índia, duas na Guiana Francesa, no Rio Grande do Norte. Deus abençoou sobremaneira a mobilização feminina, mostrando o potencial da unidade!

2) Qual palavra Deus coloca em seu coração sobre o ano de 2021 que estão iniciando?

– Um outro grande desafio, que aparentemente pode não parecer tão trabalhoso, mas quando se pensa em uma igreja com muitos membros, exigiu uma estratégia para MINISTRAR A CEIA DO SENHOR a todos os membros. O que fazíamos com simplicidade em um culto, precisamos fazer ao longo de toda semana em diversos horários, atendendo exigências sanitárias e com a preocupação que ninguém ficasse sem a Comunhão!

Todos os anos busco em Deus uma palavra que direcione e motive toda a Igreja, com sua liderança e membros a nos mover de forma que nos inspire a um crescimento como discípulos de Jesus e como igreja. O Ano de 2020, nos movemos em cima do tema: MISSÕES AQUI, ALI E ALÉM MAR. Na verdade não imaginava o quanto nossa igreja estaria ampliando as frentes missionárias nessa abrangência do Tema.
Todavia, este ano, quando estávamos reunidos em um dos últimos devocionais no expediente diário em nossa Matriz, pois todos os dias as 9hs da manhã, interrompemos todas nossas atividade, para uma leitura bíblica, meditação na Palavra e Oração, subiu ao meu coração essa palavra, e senti um impulsionar do Senhor para caminharmos 2021 com esse tema, baseado em Apocalipse 3:8 “PORTAS ABERTAS”. Eu sempre entendi que igreja não anda sob a visão de um Pastor, pois a Igreja já tem uma Visão, de seu dono, que é Jesus. Igreja não precisa ser inventado, el a foi concebida na eternidade com Deus! O pastor, o líder pode desenvolver métodos, aproveitar ferramentas para ampliar o trabalho da igreja, mas VISÃO, a prerrogativa é do Senhor da Igreja, Jesus. E foi ele que declarou sobre a Sua igreja; “EIS QUE PONHO DIANTE DE TI UMA PORTA ABERTA”. Ao me dedicar em aprofundar esse tema, percebi que se tratava muito mais do que uma declaração, uma frase de efeito, uma palavra de confissão positiva. Essa Palavra de Jesus direcionada a igreja, tem a ver com RELACIONAMENTO, pois Jesus, nesse texto mencionado, se refere a duas grandes motivações  que na prática do relacionamento com Deus, abrirão portas, que são: 1) GUARDASTES MINHA PALAVRA, 2) NÃO NEGASTES O MEU NOME.
Guardar a Palavra significa viver, praticar e se submeter as orientações de Deus. Um relacionamento com Deus, só se justifica por uma postura e decisão de viver conforme agrada ele, exposto em Sua Palavra. E “não negar o nome do Senhor” tem a ver com fidelidade a Deus. Qualquer relacionamento se subsiste nas bases de ser fiel. Fora disso, traição, engano, e falta de posicionamento arruina uma aliança.
Por isso, minha palavra para todos que temem a Deus e andam com Ele, essa Palavra de Jesus vai sempre se cumprir em suas vidas.

3) Uma mensagem como
4 vice presidente da CIEPADERGS aos pastores do estado do Rio Grande do Sul?

Como 4° Vice Presidente, nunca imaginei servir nossa amada CIEPADERGS com uma qualificada Mesa Diretora, com valores espirituais, bíblicos e de experiência ministerial administrativo extraordinário como essa, que aprouve os colegas pastores nos eleger e o Senhor permitir chegarmos a esta oportunidade.
– Sentimos um clima de muita unidade e sensibilidades para buscarmos a vontade de Deus para nossa igreja no RS. A começar pelo nosso líder maior, Pr. Geraldino Silva, que tem buscado o diálogo e a reflexão para o melhor caminho das decisões, e ações que parte da Mesa Diretora. Nestes poucos meses, além dos grandes desafios que está Mesa precisou enfrentar na transição da liderança em vários campos, foi implementado com o apoio da UNEPADERGS, o Projeto Amor em Ação, que levou até os pastores com suas famílias, de igrejas em cidades pequenas de nosso Estado,um gesto de amor, com uma cesta de presentes, alimentos e uma oferta generosa. Foi uma experiência impactante, pois sabemos os desafios e limitações que vários pastores passam em suas igrejas em cidades pequenas.
Nosso Presidente da Convenção ainda tem outros projetos que seguirão dando apoio a igrejas com sérias dificuldades para desenvolverem seus projetos de ampliação dos trabalhos. Na verdade, não fazemos ideia do que somos capazes de realizar, ao nos unirmos.

Continue Lendo

Entrevista

AD ROLANTE REALIZA MANIFESTAÇÕES DE FÉ E APOIO AS AUTORIDADES MUNICIPAIS E MÉDICAS DA CIDADE

A Assembleia de Deus na cidade de Rolante, liderada pelo casal Pr. Gilmar e Mirian Borba vem realizando diversas ações espirituais e sociais. Manifestações de fé da igreja nas ruas, orações na entrada da cidade, na frente da unidade de Saúde e da Prefeitura Municipal.

Também foi firmada uma parceria com o hospital da cidade, em que a Igreja dará suporte espiritual ao hospital, através de orações e palestras. Na foto a baixo foi realizada a entrega de mantimentos para a equipe da enfermaria “A convite do diretor Geral do hospital de Rolante Sr. Flaubiano estamos prestando auxílio espiritual com a palavra de Deus e oração 2 vezes na semana a direção geral, enfermagem, e Emergência e Deus esta sendo glorificado.” afirmou Pr. Gilmar.

Em suas palavras ao site Boas Novas News o presidente da Igreja de Rolante afirmou: ” Na pessoa de nosso Presidente da CIEPADERGS Pr. Geraldino da Silva comprimento todos os pastores e igreja do senhor Jesus do estado do Rio Grande do Sul, Expresso minha gratidão a Deus em poder compartilhar na Boas Novas os acontecimentos da obra de Deus na cidade de Rolante no dia 28 de março realizamos uma carreata com objetivo de orarmos em frente a prefeitura, posto de saúde do centro, e entrada da cidade onde resultou em um grande impacto positivo nas autoridades e na sociedade do município onde recebemos nos cultos pessoas pela primeira vez glória a Deus.”

Pr. Gilmar e Mirian Borba

Continue Lendo

Entrevista

“Nunca vimos isto em Itaqui”
PROJETO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA AD ITAQUI IMPACTA CIDADE

AD Itaqui realiza o preparo e entrega de casa em casa de centenas e centenas Marmitex beneficiando muitas famílias. O Projeto Marmitex pela Vida- PROMITEPI ( Projeto Missionário Terra prometida de Itaqui)
visa cumprir o que Jesus nos ordenou em Mateus 14:16 “Jesus, porém, lhes disse:… dai-lhes vós de comer.”

São duas cozinhas preparando os alimentos, com o alvo de chegar a cinco cozinhas e 500 marmitex entregues toda a sexta feira.
Muitos irmãos e empresários da cidade estão apoiando o projeto. O Prefeito de Itaqui esteve acompanhando a iniciativa da Igreja e agradecendo. Jornais e rádios estão notíciando que uma Igreja estava indo nas casas levar alimento aos necessitados, e muitas autoridades dizem “isto é algo nunca antes visto na comunidade de Itaqui.”


A entrega das marmitex é nas casas de famílias previamente cadastradas nos setores. Os obreiros têm visitado as famílias levando o alimento e o evangelho. Incluindo ribeirinhos dos rios que recebem o amor de Deus através da Igreja.
Pr. Eloi Rosa, Presidente da Igreja diz “É o amor de Deus se manifestando em nossa cidade.”


Pr. Rodrigo, pastor auxiliar que ao lado do presidente idealizou o projeto disse ao site Boas Novas News: ” Deus me Mostrou o projeto de ajudar famílias em Sonho, via os versículos passando diante de mim e o que deveria fazer. Após levei ao PR. Elói Rosa que abençoou e incentivou. Estamos fazendo o que Deus mandou fazer. Por isso está sendo uma benção!!”

Continue Lendo

Entrevista

O CRISTÃO E SUAS EMOÇÕES!! Entrevista sobre as emoções humanas com Pr. Tiago Conceição

Entrevistamos o Pr. Tiago Conceição, Psicólogo e Pr. Presidente da AD Sobradinho, sobre o tema “Emoções” a partir de sua vivência como pastor e estudioso das emoções humanas.

O que são as emoções??
A palavra emoção deriva do termo em latim “emotione” que é a soma de duas palavras “ex” (para fora) e “motio” (movimento) dando a idéia de “mover para fora, obviamente, algo que está no interior”. Partindo dessa premissa, emoção é a reação que temos mediante a um determinado acontecimento.
O psicólogo Paul Ekman, pioneiro nas pesquisas relacionadas às emoções humanas, identificou as sete principais emoções, que são: alegria, tristeza, raiva, nojo, medo, desprezo e surpresa, considerando ainda que existem muitas outras manifestações emocionais.
Na prática, quando percebemos um estímulo vindo de fora, seja ele físico ou emocional, expressamos as nossas emoções de forma inconsciente e automática, ou seja,
é impossível possuirmos o controle sobre as mesmas, mas podemos administrá-las de forma inteligente. Atualmente se fala muito no conceito de Inteligência Emocional, que é a capacidade que cada indivíduo possui (e que precisa desenvolver constantemente) de identificar suas emoções, compreender suas origens, avaliar sua intensidade e lidar com elas da melhor forma possível.
Assim, uma pessoa emocionalmente inteligente consegue administrar suas emoções, canalizando-as para ações produtivas, que a conduzam a um estado de felicidade e realização.

Qual o lugar das emoções na espiritualidade??
Emoções e espiritualidade deveriam andar de mãos dadas, pois para sermos espiritualmente maduros, precisamos primeiro amadurecer emocionalmente.
Nossas emoções são capazes de nos colocar mais plenamente em contato com o âmago de nosso ser, e da mesma forma também são capazes de nos conectar mais profundamente com o Deus que habita em nós. Investir no relacionamento com Deus, muito contribui no ajustamento de nossas emoções e espiritualidade.
Durante muito tempo, a igreja não deu tanta ênfase quanto aos aspectos psicológicos do ser humano,
muitas vezes, quando uma pessoa estava acometida de transtorno, síndrome, trauma ou outra enfermidade da alma, era tratada como algo somente espiritual e, às vezes, até como possessão demoníaca. As coisas mudaram, e a ciência colaborou para isso; sabe-se hoje que as questões emocionais influenciam as pessoas mais do que se imagina.
Caim é um personagem bíblico que demostra claramente desequilíbrio em sua espiritualidade e seu emocional: apesar de ser o primeiro a apresentar uma oferta ao Senhor, demonstrou que não estava voltado para o Senhor com todo o seu ser. Falta de ajuste emocional atrapalha nosso relacionamento com Deus e com o próximo.
Um indivíduo com uma experiência espiritualmente forte pode
usufruir de uma série de benefícios: é mais apto para descobrir sentido na adversidade, tem uma visão mais otimista relativamente ao futuro, dispõe de motivação para perseverar, desenvolve maior maturidade emocional e tem capacidade de lidar
psicologicamente com seus problemas.

O cristão pode vir a sofrer desafios emocionais?
Sim. É preciso muita cautela, pois as emoções envolvem uma interação complexa entre corpo e mente. A pessoa não sente medo ou raiva apenas na sua mente, ela sente isso também no seu corpo. Portanto, é perigoso imaginar ser possível enfrentar as lutas emocionais apenas através de uma abordagem espiritual, como propõem certos líderes cristãos desavisados. Certas emoções, como ansiedade ou depressão, envolvem forte componente físico, que precisa ser tratado com medicamentos e intervenções terapêuticas.
Observe o conflito emocional de Davi, o homem segundo o coração de Deus: “Estou exausto de tanto gemer. De tanto chorar inundo de noite a minha cama; de lágrimas encharco o meu leito. Os meus olhos se consomem de tristeza; fraquejam por causa de todos os meus adversários.” (Sl 6:6-7)
Falar para quem está sofrendo mediante um conflito emocional que basta se acertar com Deus que todo mal-estar irá passar, é colocar uma carga adicional sobre a pessoa em sofrimento, pois ela não vai conseguir fazer isso e fatalmente também passará a sentir culpa.

Como um cristão vence dores emocionais além da oração?
Lançar sobre Cristo todas as nossas ansiedades e dores emocionais (1Pe5.7) é fundamental, mas além disso é preciso entender que, assim como cuidamos do nosso corpo todo dia ao escovar os dentes, tomar banho e cuidar da dieta, precisamos tomar medidas que garantam nosso bem-estar emocional e mental.
Uma ferida emocional em nada difere de uma ferida física: em alguns casos, até pode curar por conta própria, mas na maioria das vezes precisa ser tratada com os métodos mais adequados para não se tornar um problema maior.
É importante considerar a ajuda de um profissional da área. Um psicólogo pode ajudar a entender o problema, trazer uma nova perspectiva para o assunto e evitar que ele comprometa a qualidade de vida, por meio da terapia.
E por fim, mas não menos importante, confiar em Deus. Lembre-se: O que determina a paz no barco não é a ausência da tempestade lá fora, mas a presença de Jesus do lado de dentro. (Mt 8.23-27).

Existem personagens bíblicos que sofreram na alma?
Sim. Inclusive Jesus mesmo disse: “Neste mundo vocês terão aflições” (Jo 16.33 NVI). Ele mesmo experienciou esses conflitos e dores emocionais.
A Bíblia nos mostra que os gigantes da fé também ficaram deprimidos, a exemplo de Jeremias, Elias, Jó, Jonas, Paulo e outros. Portanto, cristãos também podem ser atingidos por essa doença.
Infelizmente a cada dia aumenta o número de pastores que desistem do ministério e da vida. Segundo dados do Instituto Schaeffer, a grande maioria dos pastores estão vivendo um forte abatimento que pode levá-los à um caminho sombrio de depressão, ansiedade generalizada e até mesmo ao suicídio.
Se por ventura você leitor tem sofrido com algum desses males emocionais destrutivos, não tenha vergonha e BUSQUE AJUDA.
No Brasil, existe o Centro de Valorização da Vida é uma das instituições que dão apoio emocional e trabalham para prevenir o suicídio. Para pedir ajuda ligue para o número 188 ou acesse o site.

Jesus curou alguém na área das emoções?
Sim. Podemos perceber isso acontecendo no encontro que Jesus teve com Felipe e Natanael. Felipe havia sido chamado por Jesus (Jo 1.43), por isso estava muito feliz. De imediato Filipe chamou seu amigo Natanael para seguir a Cristo também, mas a reação de Natanael não foi positiva (v.46). Enquanto Filipe estava muito alegre, Natanael se mostrou uma pessoa amarga e infeliz. Quando Jesus foi conversar com Natanael, seu temperamento mudou e ele ficou muito alegre (v.49). Jesus sabia que Natanael estava amargurado e tratou com ele de forma para alegrá-lo.
Todas as pessoas têm emoções! A diferença está em como as demonstram.
Jesus tratou com as emoções negativas de Natanael e lhe deu esperança para se tornar uma pessoa influenciada por bons sentimentos ao invés de se deixar levar pelas coisas ruins ao seu redor. Jesus nos assiste e quer tratar com nossas emoções.

Pensando no ano de 2021, que está iniciando, o que significa para nós cristãos o versículo: ” sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, por que dele procedem as fontes da vida” Pv 4.23?
Observe esse mesmo versículo na Nova Tradução na Linguagem de Hoje: “Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos.”
Note que a expressão traduzida nesse texto por “coração” corresponde à sede dos sentimentos e vontades do ser humano, ou seja, o centro de comando da sua vida, onde os pensamentos são formados e as decisões são tomadas.
Guardar o coração significa filtrar tudo que acontece com ele, escolhendo as melhores influências e atitudes, de acordo com a vontade de Deus.

Pr. Tiago Conceição, casado com Franciani Conceição

Presidente da Assembleia de Deus em Sobradinho.

Acadêmico de Psicologia pela UNISC (Universidade de Santa Cruz).

Especialização em Inteligência Emocional e Coach pelo Instituto Lyouman Brasileiro de Trainers e Coach.

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2021, powered Boas Novas News